Kamachiku: udon delicioso num bairro charmoso de Tóquio

Depois da dica do meu izakaya preferido e do melhor sushi que já comi, aqui vai a recomendação de um restaurante especializado em udon que, além do macarrão, prepara com maestria outros pratos que complementam a refeição – mas que podem muito bem se tornar o principal.

O Kamachiku, no bairro de Nezu, foi indicado por um leitor do blog que sabe que eu adoro arquitetura e bons achados gastronômicos fora do eixo turístico de Tóquio, o que torna esse lugar ainda mais especial!

Reforma conduzida por ninguém menos que Kengo Kuma

Convocado para reformar a construção que antigamente era a casa e o armazém de um rico comerciante, Kengo Kuma manteve suas estruturas originais e adicionou toques contemporâneos ao espaço, que, além do restaurante, abriga nos fundos uma casa de repouso para idosos. Se o nome do arquiteto soa familiar, deve ser porque Kuma é o responsável pelo estádio olímpico para Tóquio 2020, além de ser o profissional por trás do projeto da Japan House São Paulo – ou também porque eu não me canso de falar dele aqui no blog e no Instagram. 🙂

Kamachiku ocupa um armazém construído há mais de um século

Mesa comunitária com vista para o jardim

Se estiver só ou com uma companhia, sugiro sentar-se na mesa comunitária, no lado em que você possa apreciar a vista para o jardim. Caso queira um cantinho com mais privacidade, um outro ambiente possui mesas baixas, ideais para acolher pequenos grupos. Mas, na realidade, escolher onde você quer sentar é um pequeno luxo nesse restaurante que sempre tem uma filinha de espera. Felizmente, dei sorte nas vezes que fui e nunca tive que esperar mais que alguns minutos. A dica é chegar cedo (só aceitam reserva para jantar durante a semana – mais informações ao final do post).

“Ah, mas nem gosto tanto assim de udon…”

Antes de falar que não curte muito udon pois já experimentou no Brasil aquelas massas secas que encontramos nos mercados da Liberdade, espere para fazer sua avaliação depois de experimentar um udon no Japão. A massa feita no dia, cortada à mão, e o caldo que sempre guarda o segredo de cada casa vão te fazer repensar sobre esse tipo de macarrão, injustamente menosprezado se comparado ao ilustre lámen.

O udon é um macarrão feito à base de farinha de trigo, bem mais grosso e firme que seu parente mais famoso. No Kamachiku, além da versão tradicional, existe a opção de massa mais fina. Nas duas vezes que fui acabei pedindo o zaru udon, que é servido com o caldo à parte, frio, ótimo para os dias mais quentes. Custa 900 ienes (cerca de 26 reais), um preço mais do que honesto.

Zaru udon: servido no zaru, esse suporte de bambu, com o caldo à parte

Experimente os acompanhamentos!

O udon em si já é uma refeição, mas vale muito a pena experimentar pelo menos um acompanhamento. Se estiver em grupo, peça vários! Tudo o que provei lá estava muito gostoso, feito com ingredientes bem frescos. Um prato que amei foi o nanbanzuke de frango, que, numa segunda visita, descobri que era sazonal, preparado apenas durante o verão. Ainda que tenha me deixado um pouco frustrada já que já estávamos no outono, pelo menos reforçou a ideia de que os japoneses valorizam bastante os alimentos de cada estação – o que nos faz querer aproveitar as delícias de cada momento. Dos pratos fixos, o tempurá e o dashimaki tamago, o ometele japonês, são sempre uma boa pedida.

Os pratos complementares do cardápio também se tornam uma ótima companhia para quem quer bebericar saquê, já que o Kamachiku conta com uma excelente carta da bebida japonesa.

Ruas charmosas de Nezu, um bairrinho cheio de comércio local

Explore os arredores: Nezu Jinja e casinhas charmosas

Vale ressaltar que o restaurante está localizado num bairro charmosíssimo, por onde um passeio vai certamente colaborar na digestão :). A poucas quadras está o Nezu Jinja, santuário conhecido pelo belo jardim de azaleias, que fica todo florido de começo de abril a início de maio.

Jardim de azaleias do Nezu Jinja: imagina esses montinhos todos floridos?

Vai lá!

Kamachiku

Localização: https://goo.gl/maps/qAhHYjSSBZt (próximo do parque Ueno)
Estação mais próxima: Nezu Station (Chiyoda Line)
Valor: a partir de 800 ienes por pessoa
Reserva: apenas para o jantar, durante a semana
Cardápio em inglês: sim!
Site: http://kamachiku.com/top_en/
Não abre às segundas, nem aos domingos à noite (confira no site os horários de abertura)

obs: Márcio de Morais Jr, obrigada pela dica! 😉

Produtora de conteúdo interessada em cultura e artes, juntei meu fascínio pelo país de origem dos meus avós com a minha paixão por compartilhar histórias para criar o Peach no Japão. Aqui vocês encontrarão devaneios sobre cultura japonesa, histórias de viagem e dicas que não estão nos guias 😉
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *