Ōsōji: a faxina que dá boas-vindas ao ano novo no Japão

Pôr-do-sol em Kyoto: luz e boas energias para 2018!

Os japoneses têm uma tradição bem interessante para dar boas-vindas ao novo ano que se aproxima: nos últimos dias de dezembro, dedicam-se ao ōsōji (大掃除), “a grande limpeza”. É hora de pôr luvas de borracha, pegar o esfregão e fazer uma bela faxina em casa. Portas, vidros, banheiros, pisos, armários – nada escapa!

A importância da limpeza na cultura japonesa tem origens no xintoísmo, uma das bases religiosas do país. Rituais de purificação estão sempre associados à limpeza tanto da mente, quanto do corpo e do ambiente. Daí vem também a relevância do banho para os japoneses – hora sagrada de lavar o corpo e o purificar o espírito. E, não à toa, é quase impossível ver sujeira nas ruas do Japão (com exceção dos bairros onde a concentração de estrangeiros é alta – mas aí o assunto já é outro). Para os japoneses, limpeza e beleza são dois conceitos indissociáveis. Prova disso é que a palavra kirei significa bonito(a) e, também, limpo(a).

A grande faxina prepara a casa para receber os toshigami, as divindades que trazem sorte e boas energias no ano-novo. Energia, aliás, é um ponto crucial desse ritual. Jogar no lixo as coisas que não prestam ou dar um destino apropriado aos pertences que estão sem uso é essencial para fazer a energia circular.

Segundo as crenças xintoístas, cada ser possui uma alma, um espírito – até mesmo os inanimados. Se o objeto não está cumprindo sua função e fica encostado no fundo da gaveta, sua energia fica parada. No folclore japonês, existem até personagens que alertam para este tipo de desperdício: o kasa obake, também chamado de karakasa, é um guarda-chuva que se transforma num monstro após passar 100 anos sem uso.

Então que tal adotarmos essa tradição, deixar tudo limpinho e ainda separar aquilo que não nos serve mais mas que pode ser útil a outras pessoas? 😉

Desejo a todos vocês, queridos leitores, um ano novo de leveza, de energias renovadas e de muitas conquistas! Muito obrigada por me acompanharem! Até 2018!

Produtora de conteúdo interessada em cultura e artes, juntei meu fascínio pelo país de origem dos meus avós com a minha paixão por compartilhar histórias para criar o Peach no Japão. Aqui vocês encontrarão devaneios sobre cultura japonesa, histórias de viagem e dicas que não estão nos guias 😉
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *