Arquitetura, design e um museu inteiro dedicado ao Hokusai

Inaugurado há pouco mais de um mês, o Sumida Hokusai Museum vai ser com certeza uma parada obrigatória na minha próxima ida a Tóquio. Além de ver as obras do mestre Katsushika Hokusai, estou super curiosa pra ver pessoalmente o prédio projetado pela Kazuyo Sejima, uma das arquitetas mais conhecidas do Japão.

O novo museu fica no distrito de Sumida, onde Hokusai nasceu e viveu durante a era Edo. O artista é um dos mais célebres representantes do estilo de pintura e xilogravura conhecido como ukiyo-e (浮世絵), que pode ser traduzido como “retratos do mundo flutuante”. Quem é que não conhece “A Grande Onda de Kanagawa”?

Kazuyo Sejima, um das fundadoras do escritório SANAA e ganhadora do prêmio Pritzker em 2010, criou essa mega-estrutura recoberta de painéis de alumínio, que permite a entrada de luz natural por meio de grandes recortes.

A criação da marca não fica pra trás no quesito design. A proposta de Kiyoji Takase venceu o concurso realizado para selecionar o logo do museu, que, no total, recebeu mais de 1600 sugestões. Sua grande sacada foi pegar o detalhe da trovoada de uma das 36 vistas do Monte Fuji, criadas pelo próprio Hokusai. Olha só que bacana:

Fotos: divulgação Sumida Hokusai Museum e Spoon&Tamago (mais fotos aqui)

Pra quem for visitar o museu – e quiser me contar como foi! – ele fica pertinho da estação Ryōgoku, a alguns minutos do Kokugikan, o famoso ginásio de sumô de Tóquio.

 

Produtora de conteúdo interessada em cultura e artes, juntei meu fascínio pelo país de origem dos meus avós com a minha paixão por compartilhar histórias para criar o Peach no Japão. Aqui vocês encontrarão devaneios sobre cultura japonesa, histórias de viagem e dicas que não estão nos guias 😉

Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *