Shimokitazawa: o bairro descolado de Tóquio

Quando a gente fala da capital japonesa, logo vem à cabeça o cruzamento gigantesco de Shibuya ou os luminosos de Shinjuku. Mas são os pequenos bairros que me fazem amar essa metrópole <3

Antes mesmo de desembarcar no Japão pela primeira vez, eu sabia que tinha que conhecer Shimokitazawa. Assim como Koenji, é considerado o bairro hipster de Tóquio, combinando pequenas casas de shows, roupas estilosas de segunda mão, ateliês de artistas, restaurantes e izakayas incríveis, tudo num clima de bairrinho.

Shimokitazawa_peach_japao_toquio_3Shimokitazawa_peach_japao_toquio_sh3Shimokitazawa_peach_japao_toquio_4Shimokitazawa_peach_japao_toquio_sh2Shimokitazawa_peach_japao_toquio_6

Quer dizer, nem tão “bairrinho” assim. Por ser tão legal, tão descolado, cheio de jovens e moderninhos, Shimokita – para os íntimos – cresceu e atrai cada vez mais gente. Os aluguéis ficaram bem caros e seu entorno deu uma bela valorizada. A estação de trem de mesmo nome passa por uma looonga reforma e dizem que futuramente uma depato (loja de departamento) vai se instalar por lá.

Mesmo assim, ainda é um lugar que eu gosto bastante e faço questão de levar meus amigos. Primeiro, porque meu izakaya preferido fica lá e porque existe uma variedade enorme de outros tantos para experimentar.

Shirube: izakaya tão especial que já ganhou um post exclusivo aqui

Shirube: izakaya tão especial que foi tema de post aqui

Totoshigure - izakaya super estiloso que descobri num dia que o Shirube estava fechado

Totoshigure – izakaya super estiloso que descobri num dia que o Shirube estava fechado

Segundo, pelos shows fantásticos que já vi nas casas difíceis de serem encontradas. Para vocês terem uma ideia, na primeira vez que fui no Basement, casa de rock conhecida na região, a vocalista de uma banda, metida num vestidinho vermelho de paetês, sensualizava com uma banana. Ela desceu pra pista e ADIVINHEM com quem ela foi mexer? Sim. Em questão de segundos, lá estava ela colocando uma banana na minha boca, numa noite que ficou eternamente conhecida entre meus amigos como “banana night”.

Meninas mandando muito no palco, na noite do incidente da banana

Olha aí a mocinha de vestidinho vermelho, pouco antes do incidente da banana (vou ficar devendo o nome da banda :-/)

Urban Feti – lembra o White Stripes, mas com uma integrante a mais (site: urbanfeti.jp)

E os cafés não fazem feio! Olhem que graça o Bio Ojiyan Café:

Shimokitazawa_peach_japao_toquio_bioojiyancafe

Os cafés e restaurantes, assim como as lojinhas de second hand, ficam mais concentrados na saída norte da estação. No sul, estão os izakayas e casas de shows.

Para chegar na estação de Shimokitazawa, em Setagaya, dá pra pegar a linha Keio, saindo de Shibuya, ou a Odakyu, saindo de Shinjuku. Achar essas linhas dentro dessas duas estações enormes pode ser um pouco complicado na primeira vez, então é melhor ir com um tempinho folgado se estiverem com hora marcada.

Mais para frente, vou postar sobre outros bairros legais em Tóquio. Fiquem de olho!

Produtora de conteúdo interessada em cultura e artes, juntei meu fascínio pelo país de origem dos meus avós com a minha paixão por compartilhar histórias para criar o Peach no Japão. Aqui vocês encontrarão devaneios sobre cultura japonesa, histórias de viagem e dicas que não estão nos guias 😉
Compartilhe:

Comentários

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *